Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Scientia Plena Jovem é um periódico científico dedicado às publicações científicas de alunos e professores do ensino fundamental e médio em todas as áreas da ciência.  O material publicado inclui trabalhos de pesquisa, com ou sem experimentação.

            O ambiente e a prática científicos por tradição, sempre tiveram como público alvo o profissional graduado ou pós-graduado e alunos do ensino superior. A linguagem e a estrutura dos trabalhos seguem padrões que normalmente fogem do cotidiano de boa parte da população, o que tem contribuído para certo distanciamento da ciência e da pesquisa científica fora das universidades. A ciência acaba por ser vista por muitos jovens e crianças como algo fora de seu alcance, e sua prática destinada apenas àqueles tidos como muito inteligentes ou gênios.

A ideia da presente revista é a de transpor essa barreira entre a prática da ciência e a escola ao criar uma prática de método e de documentação científica para este público. A Scientia Plena Jovem é um espaço de publicação científica destinado ao público infanto-juvenil, para que estes possam incorporar na escola e no seu cotidiano a pesquisa científica e sua representação em forma de artigos científicos. Corroborando para a educação científica na escola e numa melhor preparação de futuros pesquisadores e de cidadãos que compreendam melhor o universo da ciência.

A revista Scientia Plena Jovem propõe que em suas publicações a linguagem do aluno possa ser empregada na descrição do trabalho científico, além de sua estrutura ser voltada para a leitura e estudo dos próprios alunos e profissionais de todas as áreas. Para tanto, sugere-se o uso do Discurso do Sujeito Coletivo para redigir o artigo.

 

Discurso do Sujeito Coletivo

 

O Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) é uma técnica para redação de único texto a partir de vários discursos de determinado grupo. O DSC consiste na reunião de expressões chaves, ideias centrais e ancoragem do grupo por um facilitador, que irá reunir e analisar os discursos redigindo uma síntese fiel do discurso do grupo.

Na presente proposta o DSC, será utilizado para que um grupo de até 15 alunos do ensino fundamental ou médio produza um artigo científico, orientado por um ou dois professores. O professor será o facilitador, analisando os diferentes discursos do grupo de alunos, reunindo as expressões chave e as ideias centrais num discurso síntese, ao analisar as ideias centrais contidas nos discursos dos alunos o professor identificará a teoria ou ideologia contida no discurso de seus alunos, o professor/facilitador deve ser o mais imparcial e fiel possível ao discurso de seus alunos evitando interferências no DSC que será o texto do artigo, reunindo assim as ideias centrais e a ancoragem com fidelidade de sentido, e mantendo a linguagem da faixa etária do grupo.

 

Políticas de Seção

Artigos Científicos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Jogos Didáticos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Relatos de Experiência

Estudos que descrevam vivências individuais ou de grupos, relacionadas a descrição e análise de experiências desenvolvidas em ambientes educacionais. Deve conter as estratégias de intervenções e ressaltar a sua eficácia e contribuição para a educação, assim como a análise de implicações conceituais. Os relatos podem ser apresentados sob as seguintes perspectivas: i) A Escola e a Sala de Aula; ii) A voz dos professores; e iii) A voz dos alunos.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Essa revista segue o padrão de avaliação pelos pares. A Scientia Plena Jovem mantém um banco de dados de referees que é utilizado para a a avaliação dos artigos submetidos pelos autores. 

Em se tratando de um formato adaptado para alunos do ensino fundamental e médio, os artigos são escritos por alunos sob a facilitação de professores e seguem o padrão usual de trabalhos científicos, exceto que existe uma preocupação adicional de preservação da linguagem utilizada pelos alunos segundo a sua faixa etária. Dessa forma os referees são preparados para essa realidade que procura transpor a barreira científica entre o ensino superior e o ensino fundamental e médio, procurando antecipar a prática de produção científica com todo o rigor necessário, mas adequado ao público jovem.

 

Periodicidade

A revista Scientia Plena Jovem é quadrimestral e deverá publicar 3 número por ano. Escepcionalmente esse periodicidade poderá ser alterada em função do fluxo de artigos submetidos.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.